Em destaque

A Roda do Templo

A nossa história.

Anúncios

Os domingos estão cada vez mais fortes! O vasto auditório da Rádio Cruzeiro, espalhado por esse Mundo, tem estado mais atento às emissões com “A Roda do Templo” e “Portugal Pop/Rock”. Embora durante toda a semana exista uma variedade com excelentes profissionais e óptimas emissões, os domingos estão no coração dos nossos queridos ouvintes de Odivelas, para o Mundo!

Neste domingo de 26 de Novembro de 2017, esteve o Gonçalo Saraiva à conversa com o músico NUNO BARROSO & ALEMMAR, onde apresentou o seu novo trabalho discográfico “CHRISTMAS BABY”. É um exemplo da boa música que se faz e que irá ficar na memória e na história da música portuguesa.

Alvalade é…

Quando moradores da Avenida da Igreja, vivem paredes meias com área comercial, ficam bem irritados ao ir ao centro comercial.

Isto porque a rampa de acesso está do lado da Avenida de Roma. Rampa essa, que muitas vezes fica bloqueada com as carrinhas de transporte.

 

WP_20161222_10_51_46_Pro

 

 

A empresa responsável pela gestão do centro comercial, em comunicado que está a fazer dois anos, anunciou que iria estudar o assunto… até hoje!

Continuam os moradores com mais de 70 anos de idade, a ter de percorrer e contornar todo o prédio, com o seu carrinho. Todas as pessoas que acabam por descer as escadas, arriscam a sorte, muitas chegam a partir braços e pernas.

Esperemos que o 2019 traga algum respeito e menos indiferença aos responsáveis que não vivem aqui e que ainda não têm 80 anos de idade.

Fim do Ano

Os animais de quatro patas e sei lá mais o quê, não querem saber de festejos ou bebedeiras. Aqueles que têm a sorte de viver em casa dos donos, ainda se vão deliciando com o que vai caindo no tapete, após o mastigar para fora por parte dos humanos, mas os que vivem nas ruas assustam-se com os foguetes e barulheira infernal.

Última Roda

E já está! Mais uma roda, mais um ciclo, mais uma experiência adquirida com pessoas que nos ficam no coração, verdadeiros amigos de peito, com o amor à camisola. Uma Roda do Templo, cheia de temas e rubricas que quanto a mim, marcaram e trouxeram algo de novo e inovador na Rádio Cruzeiro de Odivelas e que houve a tentativa de fortalecer e dar a cada minuto um maior “puro sangue”.

Hoje em particular, foi homenageado Manuel Tristão da Silva, mesmo com a sua gaguez, demonstrou que isso não foi um obstáculo e imortalizou temas musicais, verdadeiras CANÇÕES, que nos deixam saudade.

Da minha parte Gonçalo Saraiva, foi mesmo um prazer em estar na sua companhia, em quase dois anos. Comecei com a “Folha de Papel”, onde passaram algumas crianças e mais tarde surgiu a “Roda do Templo” que nos acompanhou e onde foi pioneira em trazer uma banda com som ao vivo no estúdio.

Estou grato a todas e todos, aos meus amigos e à minha família da rádio, um bem haja e um Feliz Ano Novo.

Gonçalo Saraiva

A última Roda, a rolar dia 29 de Dezembro de 2018, onde será homenageado o cantor TRISTÃO DA SILVA.

A Roda irá percorrer e recolher testemunhos nas ruas da Ramada, onde após as eleições, certas promessas ficaram na gaveta, como já vem fazendo parte da nossa rotina, tudo isto na rubrica “O que pensas da tua rua?”

As ruas são todas parecidas, inclusive as ruas da Afonso Lopes Vieira na freguesia de Alvalade, aos anos que as Árvores “Tortas” pela idade, tornam impossível a passagem quer do peão, quer de alguém com mobilidade reduzida. Isto porquê? Porque o importante são as vias principais da Avenida da Igreja. Uma verdadeira dor de cabeça para quem ali vive e para quem chega a partir pernas e braços.

O Natal já lá vai, espera-se uma passagem de ano onde o embelezamento e a fantasia acontece, escondendo armadilhas impostas pelo Estado, onde o IVA não baixando, faz do aumento do ordenado mínimo, um autêntico número de ilusionismo. Tornando tudo como era dantes.

Mas que 2019 se torne num comprimido cheio de saúde e que a paz cubra todo este Portugal, para que ninguém caia na cama de um hospital com pneumonia.

Desejo-vos muitas felicidades e um próspero ano novo, cheio de saúde, paz e dinheiro no bolso. Até qualquer dia.

 

 

 

MAIS UM NATAL.

Olá meus amigos, assistimos cada vez mais a uma quadra em que apenas meia dúzia de pessoas consegue olhar de cima. Foi com enorme prazer e admiração que no meu passeio matinal, deparei-me com as barracas de natal a fazerem volume na avenida da Igreja.

Barracas Alvalade    OH,OH,OH

 

Alvalade enche-se de barracas para pequenos artesãos, onde aproveitam mostrar a sua arte e no fundo fazer algum dinheiro.

Os lojistas vão olhando com desconfiança, muitos deles, sem o tão desejado espírito de Natal, colocam-se à porta, a observar a Esperteza de quem comanda as operações de colocação rápida das caixas de madeira.

Muitas delas encostadas aos bancos, onde ninguém se pode sentar e outras em cima das tampas do esgoto. Muito bom!!

No domingo passado, a Roda do Templo levou à emissão o testemunho de uma senhora que amavelmente aceitou o meu convite e apresentou em directo a vontade de acrescentar na sua vida o negócio de cosmética.

De seu nome Luisa Sousa, encantou a nossa tarde e deixou-nos o seu contacto para que queira fazer a sua encomenda: Luisa.1901@hotmail.com

Um projecto que lhe dá o gosto em partilhar e mostrar que mesmo com 51 anos de idade, isso não é nenhum entrave, mas sim demonstrar que com garra e determinação, tudo se consegue.

Aqui fica a minha sugestão para efectuar uma bela oferta.

be younique

Até para a semana.

Chega ao fim a Roda do Templo.

É verdade! Meus amigos, desde o dia 8 de Abril de 2017, que vos faço companhia aos domingos e é com grande pena e por questões pessoais que termino a minha passagem pela Rádio Cruzeiro de Odivelas.

FOLHA DE PAPEL LOGO

A Folha de Papel foi o arranque, muitos contos eu escrevi e muitos valores musicais foram transmitidos e muitos sorrisos de crianças passaram pelo estúdio.

Após um longo período de férias, eis que surge a “RODA DO TEMPLO”, um novo conceito de música, menos rodada, onde fui passando as faixas menos escutadas.

Banner A Roda do Templo Novo Banner 18 Roda do Templo

Diversas entrevistas com vocalistas de topo, rubricas que deixam a sua marca de inteira criatividade e imaginação, como a “Velha Guarda” ; “Países do Templo” ; ” O que pensas da tua rua?” trouxeram às manhãs de domingo o sabor e prazer de fazer rádio de partilhar com o mundo tudo o que queremos partilhar. Percorri muitos quilómetros por países, ilhas e praias fluviais. Retratei muitos músicos compositores nacionais e estrangeiros, pintoras e pintores, muitos que a história não pode deixar esquecer quanto menos apagar todos estes que deram tanto e lutaram tanto, para que hoje possamos usufruir e passar tanta música por uma simples, pen.

Zé André250px-Chuck_Berry_(1958) th 2Nuno Barroso 2

A partilha de conhecimentos de todos aqueles que me ensinaram:

Luis Filipe Silva; Fátima Rodrigues; Jaime Carvalho; Jorge Gaspar; José Portela; Paulo Lion; Paulo Monteiro; Fátima Martins; Rita Baptista; Carlos Vale; Cristina Caeiro.

A todos vós, vão os meus agradecimentos com um verdadeiro ATÉ LÁ, até qualquer dia. Com cada um de vós aprendi a melhorar os conhecimentos e fico muito feliz por ter feito parte de um grupo de uma família, onde só existe uma mentalidade, a paixão pela Rádio.

O meu muito obrigado a todos os moradores da Ramada que gentilmente cederam e colaboraram na rubrica ” O que pensas da tua rua?” , isto num conselho onde mudam-se as cores, mas os problemas nos arruamentos, passeios, estacionamentos, lixo e falta de acesso por moradores de mobilidade reduzida, caiem no saco de uma promessa esquecida.

A todos o meu mais puro, Agradecido! Um Bem haja!

Gonçalo Saraiva

 

 

Roda do Templo

Longe vão os tempos em que o silêncio era apagado por gentes que não gostavam de outras gentes. Agora silenciam com atitudes onde a democracia passa a censura silenciosa. Os procedimentos continuam os mesmos, mas com mais cor.

A Roda andou pelas ruas da Ramada e a rubrica “O que pensas da tua rua?”, teve a sua estreia no domingo de 24. Continuando com o objectivo de ser o intermediário entre a opinião das pessoas que vivem no local e as entidades competentes. Para quê? Para que haja uma melhoria numa comunidade tão importante.

Na “Velha Guarda” vamos falar da Pintora Josefa de Óbidos nascida em 1630.

Josefa_menino-jesus-salvador

Já na rubrica “Países do Templo” vamos com chapéu e uns ténis, pois temos como destino o PASSADIÇOS DE PAIVA, uma autêntica paisagem única e deslumbrante que nunca mais sairá de nossas memórias. Venha connosco até Arouca.

th

Da minha parte, um até lá, cheio de carinho!